MARCELLO SAHEA ::: BIO LIVROS GRAVAÇÕES VÍDEO PERFORMANCES TEXTOS FOTOS PROJETOS BLOG CONTATO INFORMATIVO

PLETÓRAX /// 2007

PLETORA: superabundância, exuberância + TÓRAX:cavidade do peito, peito

A performance intermídia Pletórax (2007/poesia falada, poesia sonora, poemas objeto, poesia visual, poesia digital, vídeo, samples, música, processador de efeitos – loop station, megafone, bases pré-gravadas) surgiu como um desenvolvimento natural do processo investigativo de Sahea no sentido de ampliar a potência daquilo que ele vem reconhecendo como arte da palavra.

A visualidade explícita, característica da sua produção poética, está presente nessa performance através de projeções, em maior escala, dos poemas digitais animados desenvolvidos no projeto poegifs (2007), bem como suas incursões no campo da poesia sonora e oralizações de poemas de sua autoria. Os poemas oralizados são manipulados e desconstruídos através de um pedal (loopstation).

Os loops sonoros e visuais visam 'um jogo' com os sentidos, que nem sempre conseguem ficar alertas todo o tempo e é nas eventuais fermatas da consciência que a mensagem ressurge com mais força e muitas vezes alterada, num movimento contínuo e encantatório. Sai de cena a razão e a magia acontece. Como nos rituais.

Sempre buscando a materialidade da palavra poética através do som e da imagem, em um percurso que utiliza, entre outros recursos, a improvisação (o risco - assumindo a possibilidade do erro como coadjuvante), a repetição (pulverização e reafirmação da mensagem pela saturação) e com poemas autorais, Sahea apresenta um trabalho com aquele que é, talvez, o maior de todos os riscos: a poesia verbivocovisual.

Concepção, projeto gráfico, poemas, performance, direção: Marcelo Sahea
Figurino: Vivi Baggioto e Marcelo Sahea
Duração: 40' (em média)

DEPOIMENTOS MATÉRIAS VÍDEO IMAGENS RIDER